UNIFESP

visão aérea do prédio da Unifesp
ícone de dicas

      O vestibular da UNIFESP ocorre em uma ou duas etapas, dependendo do curso.

      A primeira etapa é a prova do ENEM (obrigatória para todos) e a segunda, que faz parte do Sistema Misto de Seleção, é realizada pela VUNESP. Os cursos que requerem a segunda fase são Ciências Biológicas (Campus Diadema), Engenharia Química (Campus Diadema), Biomedicina (Campus São Paulo), Fonoaudiologia (Campus São Paulo) e Medicina (Campus São Paulo).

Segunda fase

       É realizada em dois dias, com o limite de tempo de 4 horas para cada um.

       Ela é composta por 25 questões objetivas, 20 questões dissertativas e uma redação.

    No primeiro dia, são contempladas 15 questões de múltipla escolha de Língua Portuguesa e 10 de Língua Inglesa, além de uma redação dissertativa.

     No segundo dia, são contempladas 5 questões dissertativas de Biologia, Química, Física e Matemática.

      A segunda fase é elaborada por meio de um Sistema Misto de Seleção, que considera o número bruto de acertos. Assim, é contabilizada pelo número de acertos dividido por 180, e a nota é reformulada de 0 a 100. Além disso, a nota da redação é desconsiderada, pois a segunda etapa da prova possui redação própria da VUNESP. Alguns que querem apenas entrar na UNIFESP podem focar muito mais nas questões objetivas do que na redação do ENEM para ‘garantir’ um maior número de acertos brutos e, portanto, uma maior nota, porém se você pretende prestar qualquer outra universidade pelo SiSU, é importante que você capriche muito na redação e tire maior proveito do TRI. 

      O ENEM é uma prova de duração de 5 horas no dia de Ciências da Natureza e Matemática e 5 horas e 30 minutos no dia de Ciências Humanas, Linguagens e redação. Portanto, é bastante importante treinar a resistência (tanto física quanto mental) para fazer esse tipo de prova e manter a calma nos dias em que você tem maior dificuldade nas matérias. Toda a prova conta bastante com a interpretação de enunciados, textos e gráficos, sendo mais focada na sua habilidade de compreender os textos e saber utilizá-los para responder às questões.

 

      Para aqueles cuja nota para ingressar na UNIFESP depende apenas do ENEM, a seleção é feita pelo SiSU, cliquem no botão mencionado acima para saber mais. Para aqueles cuja nota é calculada pelo Sistema Misto de Seleção, o TRI é desconsiderado para compor a nota e leva-se em consideração apenas o número bruto de acertos. Ou seja, se você acertou 145 questões de 180, você acertou 80,56% da prova e sua nota de 0 a 100 será 80,56.

 

      Caso você não queira prestar outra universidade pelo SiSU, você pode considerar as seguinte dicas: (1) tente acertar o maior número de questões possível, sem considerar sua dificuldade e sem se preocupar com o TRI; (2) como a redação do ENEM não consta na nota final, separe mais tempo e capriche muito nas questões objetivas do mesmo dia da prova de redação. 

      Algumas dicas válidas para todos que prestam a prova do ENEM são:

  • Leve algo para comer durante a prova, pois ela é muito longa e tentar se concentrar com fome pode ser bem mais difícil. No entanto, evite comidas pesadas.

  • Descanse o máximo que você puder no dia anterior e tente dormir cedo

  • Se você se sente confortável em revisar a matéria um dia antes, o faça. No entanto, se você sente que fica mais nervoso, não há nada de errado em não estudar no dia anterior à prova!

  • Beba água durante a prova! É importante se manter hidratado e você pode pedir para ir ao banheiro quantas vezes quiser, então não economize na água por isso

  • Tente manter a calma e o foco durante a prova, nem sempre é possível, mas caso você consiga, são fatores extremamente importantes e que fazem toda a diferença

      A redação do Sistema Misto de Seleção segue o mesmo modelo de todas as redações da VUNESP, ou seja, ela pede um texto dissertativo argumentativo sobre a questão ou frase tema que for proposta, segundo o edital uma “dissertação em prosa na norma-padrão da língua portuguesa”, então deve-se evitar o uso de pronomes na primeira (do singular apenas) ou segunda pessoa.

 

      A prova fornece uma coletânea de textos, geralmente de dois a quatro dependendo do tamanho de cada um, que podem ser verbais ou não-verbais (imagens, charges, gráficos) e que ajudam muito na elaboração da redação. Não é obrigatório citá-los, mas fazer alguma referência a eles pode te ajudar a não fugir do tema e do recorte proposto, um erro que muitas pessoas cometem e que pode ser facilmente evitado dessa maneira, entretanto seu texto não pode estar composto majoritariamente por cópia da coletânea, pois isso pode anular sua redação.

 

      Os temas não seguem um padrão e podem ser tanto sobre algo atual e recorrente quanto uma discussão antiga ou totalmente nova, sendo que ele não é necessariamente um assunto polêmico ou bilateral (o que acarreta na escolha de um dos lados para defender). Independentemente do tema, as coletâneas vão dar o suporte e informações necessárias para elaborar uma boa redação, então não é preciso ir para a prova com “ideias prontas,” por mais que seja interessante colocar alguma ideia ou conhecimento prévio que você tenha para valorizar seu texto.

 

      Há três critérios para a correção da redação: tema (adequação do candidato ao tema proposto), estrutura (gênero/tipo de texto e coerência) e expressão (coesão e modalidade da norma-padrão da língua portuguesa).

      O controle do tempo é muito importante na prova da VUNESP, principalmente no dia com as questões dissertativas, no qual temos 20 questões das matérias de exatas em um mesmo dia (o tempo é muito apertado!). Tente não deixar questões em branco, já que você não perderá ponto por escrever algo que você não tem certeza se está certo. Evite ficar parado nas questões que você não consegue resolver de primeira: faça primeiro as que você sabe, depois passe para as que você tem dúvida, isso te faz ganhar bastante tempo (ou pelo menos não perder tempo).

 

      Lembre de deixar tempo suficiente para preencher o gabarito do dia de Língua Portuguesa e Língua Inglesa com calma para não errar, porque erros no gabarito não podem ser substituídos ou apagados com branquinho, e para escrever a redação com calma, uma vez que ela corresponde à uma porção significativa da nota final.

      A prova da UNIFESP mudou ano passado (2019) e hoje conta com 25 questões de múltipla escolha e uma redação em um mesmo dia. A maioria das pessoas acha o tempo de 4 horas suficiente, e como são menos questões do que nos outros anos, é importante prestar muita atenção em cada uma delas e evitar erros de atenção, pois cada acerto acarreta em uma mudança significativa na nota e, consequentemente, na classificação. 

 

      As dicas dadas da prova do ENEM, são válidas para essa prova também. Boa prova!

ícone de redação

VISÃO GERAL

DICAS ENEM - UNIFESP

REDAÇÃO

DICAS PARA A PROVA DA VUNESP