UNESP

fachada da faculdade UNESP

DICAS

ícone de redação
ícone de dicas

 

       O vestibular da UNESP (Universidade Estadual Paulista) é realizado pela Fundação VUNESP e é realizado em duas fases, sendo a primeira com 90 questões objetivas de múltipla escolha e a segunda com 20 questões dissertativas e uma redação. A prova é considerada longa e muito corrida pela maioria dos candidatos, sendo a organização do tempo um fator de extrema importância. 

Primeira fase

      É uma prova de conhecimento gerais, contando com 90 questões objetivas, cada uma com cinco alternativas. Ela deve ser realizada em até 5 horas e as questões são divididas igualmente entre os grupos de matérias:

30 questões de Linguagens e Códigos (Língua Portuguesa, Literatura, Língua Inglesa, Ed. Física e Arte);

30 questões de Ciências Humanas (História, Geografia, Filosofia e Sociologia);

30 questões de Ciências da Natureza e Matemática (Biologia, Química, Física e Matemática).

Segunda fase

​​​

      É uma prova de conhecimentos específicos e de Redação. A prova será composta por 60 testes e uma redação em gênero dissertativo de 30 linhas. Os testes ainda não foram especificados por conta da recente mudança.

Prova de habilidades específicas

      Alguns cursos exigem que o candidato realize uma prova de habilidades específicas, como desenho, atuação, tocar algum instrumento, entre outros. As provas não são realizadas no mesmo dia que as de primeira e segunda fase, então é importante buscar saber se o seu curso requer a realização dessa prova.​

      A redação da UNESP segue o mesmo modelo de todas as redações da VUNESP, ou seja, ela pede um texto dissertativo argumentativo sobre a questão ou frase tema que for proposta. A prova fornece uma coletânea de textos, geralmente de dois a quatro dependendo do tamanho de cada um, que podem ser verbais ou não-verbais (imagens, charges, gráficos) e que ajudam muito na elaboração da redação. Não é obrigatório citá-los, mas fazer alguma referência à eles pode te ajudar a não fugir do tema e do recorte proposto, um erro que muitas pessoas cometem e que pode ser facilmente evitado dessa maneira.

 

      Os temas não seguem um padrão e podem ser tanto sobre algo atual e recorrente quanto uma discussão antiga ou totalmente nova, sendo que ele não é necessariamente um assunto polêmico ou bilateral (o que acarreta na escolha de um dos lados para defender). Independentemente do tema, as coletâneas vão dar o suporte e informações necessárias para elaborar uma boa redação, então não é preciso ir para a prova com “ideias prontas,” por mais que seja interessante colocar alguma ideia ou conhecimento prévio que você tenha para valorizar seu texto. 

 


      Na primeira fase as matérias não têm peso, portanto o que importa é fazer o maior número de acertos possível para passar para a segunda fase. A nota de corte é variável, mas no site da VUNESP podem ser encontradas estatísticas com as notas de corte dos últimos anos de todos os cursos, possibilitando uma média.

      Como a nota final é calculada pela média aritmética da primeira e segunda fase (nota primeira fase + nota segunda fase dividido por 2), é importante tentar acertar o maior número de questões na primeira fase (se possível, além da nota de corte) para ter uma “folga” na segunda fase, uma vez que a dificuldade da segunda fase é maior. O controle do tempo é muito importante na prova da UNESP, principalmente no primeiro dia da segunda fase, no qual temos 24 questões das matérias de humanas e exatas em um mesmo dia (o tempo é muito apertado!).

      Tente não deixar questões em branco (você não perderá ponto por escrever algo que você não tem certeza se está certo), e não fique parado nas questões que você não consegue resolver de primeira: faça primeiro as que você sabe, depois passe para as que você tem dúvida, isso te faz ganhar bastante tempo (ou pelo menos não perder tempo). Deixe tempo suficiente para preencher o gabarito da primeira fase com calma para não errar (erros no gabarito não podem ser substituídos ou apagados com branquinho) e para escrever a redação com calma, uma vez que ela corresponde à uma porção significativa da nota final.

VISÃO GERAL

REDAÇÃO