Economia, Contabilidade e Administração

Moeda, contabilidade
Gráfico, economia

"Quanto mais você aprende mais você quer aprender, o conhecimento faz você virar uma locomotiva." - Cristiane Castro

Estudante de economia

Ruth di Rada

Estudante

Economia na USP

Estudante de administração pública

Estudante

Geovanna Silva

Bolsista em Administração Pública na FGV

ícone avatar azul.png

Estudante

Mariana Lustosa

Ciências Contábeis na FMU via Prouni

Profissional de economia

Profissional

Guilherme Murakami

Formado em Economia na UEL e Assessor de investimentos na SVN Investimentos

Profissional de administração

Profissional

Samara Gerardini

Administração Empreendedora

Profissional contabilidade

Profissional

Cristiane Aparecida

Formada em Contabilidade na FECAP e Sócia fundadora de uma empresa que presta consultoria

seta para baixo

confira o resumo!

Administração:

A graduação em Administração possibilita trabalhar em diversas áreas, esse é um dos pontos positivos do curso mas ao mesmo tempo cria-se a necessidade de realizar uma especialização e estar em constante processo de aprendizagem. A profissional esclarece que sua rotina irá depender da escolha do campo de atuação e do seu cargo dentro da empresa.

 

Para saber mais sobre a área: 

https://guiadoestudante.abril.com.br/profissoes/administracao/ 

Administração Pública:

 

Ao contrário do que muitos pensam, o curso não limita os profissionais a trabalharem apenas no setor público, há vagas também em associações sem fins lucrativos, como organizações não governamentais (ONGs), ou em empresas privadas, na articulação de ações em parceria com o governo ou no campo da responsabilidade social. 

 

A universitária também explica que é importantíssimo usar a graduação para observar os diversos caminhos e aproveitar o ambiente e os colegas da faculdade para estar a par das novidades e oportunidades. O curso em si, possui matérias em comum com os demais, entretanto, o foco dado em cada graduação é diferente, em Administração Pública, o estudo volta-se a aplicação para a área pública. 

 

Para saber mais sobre a área:

https://guiadoestudante.abril.com.br/profissoes/administracao-publica/

 

Economia:

 

Segundo Ruth, estudar economia também pode ser definido como um desafio de pensar em soluções melhores, sejam elas no âmbito empresarial, político, público, social, nacional ou mundial. Portanto, há várias áreas de atuação e em algumas delas são necessárias certificações como CNPI, CFA e CEI. Também é possível trabalhar como cientista, por isso, é importante pesquisar a área que a universidade foca, uma vez que trará mais oportunidades na sua área de interesse e facilitará o processo.

 

Para saber mais sobre a área: 

https://guiadoestudante.abril.com.br/profissoes/ciencias-economicas/

 

Contabilidade:

 

O contador coordena, controla e interpreta eventos econômicos e por isso tem um papel necessário em todas as empresas, o fato de seu trabalho ser considerado “burocrático” o ajuda pois há algumas atividades exclusivas deste profissional e que necessitam do registro no Conselho Regional de Contabilidade. Com os avanços tecnológicos, alguns serviços prestados atualmente de forma “manual” passaram a ser automáticos, mas isso não afetará o trabalho do profissional de contabilidade e áreas como consultoria passaram a ser ainda mais valorizadas.

 

Para saber mais sobre a área: 

https://guiadoestudante.abril.com.br/profissoes/ciencias-contabeis/