Escolha Profissional

“Ninguém tem o poder de escolher por você”

Direcionamento profissional
Maleta emprego

Profissional

Profissional de pedagogia, orientadora vocacional

Sandra Regina de Souza

Formada em Pedagogia Pós-graduada em Gestão Escolar e Gestão de Pessoas
Orientadora Vocacional e de Carreira pelo Instituto Maurício Sampaio (IMS)
Formação em Análise de Comportamental (FAC) no IBC Especialista em Valores Pessoais - C-Vat Brasil

seta para baixo

confira o resumo!

A escolha profissional pode ser um caminho complexo e confuso para vários jovens. Nesta reunião, o Educa convidou a profissional Sandra Regina de Souza, orientadora profissional e pedagoga para conversar mais sobre o assunto. 

 

Para ajudar nesse processo, Sandra cita quatro pilares essenciais na corrida para a escolha de uma carreira. O autoconhecimento é a base de todos os pilares, é de grande importância se descobrir, ou seja, olhar para si e enxergar as suas qualidades, os seus gostos e as vontades. Essa tarefa pode ser um pouco complicada, portanto, a família e os amigos podem contribuir com esse processo, questionando a eles sobre a sua pessoa. Entretanto, é importante ressaltar que precisamos tomar cuidado com o que eles falam, pois algumas vezes causam mais prejuízos, uma vez que podemos ser influenciados por suas falas ignorando as nossas intuições e vontades próprias. 

 

O segundo pilar é o planejamento e ação, ou seja, para alcançar os sonhos é preciso cumprir com os compromissos e se organizar nas tarefas. Os compromissos são aqueles eventos imprescindíveis para a escolha da profissão, por exemplo, ir para feiras de profissões, visitar universidades, reunião com profissionais e comparecer no dia da prova. Por outro lado, as tarefas são aquelas que há tempo, contudo, a administração é a chave para a sua realização, uma dica pela orientadora profissional é criar uma agenda e anotar conforme a sua urgência: “a) precisa ser feito agora; b) precisa ser feito hoje; c) pode ser feito amanhã; d) pode pedir para alguém me ajudar”. Além disso, organizar os estudos conforme a sua rotina é indispensável para a trilha dos seus sonhos. 

 

O terceiro pilar consiste na busca do mercado educacional, isto é, pesquisar a tradição da universidade, o preço, a distância, o nível dos professores, a grade curricular, se há departamentos de apoio, modalidades de cursos e depoimentos de alunos. Ademais, é preciso pesquisar o mercado de trabalho, sempre tendo em vista não somente o financeiro, mas sim o retorno de experiências.

 

Por fim, para fechar esse ciclo de pilares, o último é a autoavaliação. Essa etapa é a revisão de todos os pilares anteriores, se houver a necessidade de retornar alguns passos para trás e refazer, não será um ato vergonhoso ou preocupante, o importante é alcançar os seus sonhos e objetivos!